Sobre

Este blog, A Saúde no Distrito Federal tem Jeito, tem origem comum com um análogo, www.observatoriodasaudedf.wordpress.com, mas a partir de 01/04/2018 passa ter a responsabilidade direta de Flavio Goulart em sua edição e seleção de conteúdos.

O blog se destina a coletar, analisar e divulgar dados e informações sobre a situação e tendências da saúde no âmbito do Distrito Federal, em termos de evolução epidemiológica e demográfica, bem como na política e gestão do sistema.

Trata-se de espaço aberto a todos os interessados, seja na produção de conteúdos ou no debate, de forma aberta e desburocratizada, obedecendo apenas as regras essenciais de convivência na web, tais como respeito às opiniões alheias e urbanidade no trato interpessoal, a critério do editor responsável.

Este blog busca também se consolidar como espaço de referência local e regional na discussão de seu tema central, estando aberto o convite para que cada vez mais pessoas venham a interagir nele.

SOBRE O EDITOR DESTE BLOG

cropped-para-blog-mar-18.jpg

Eu, Flavio A. de Andrade Goulart, formei em medicina pela UFMG em 1971. Dividi minha carreira profissional entre a clínica, a administração de saúde e a docência universitária. Cliniquei por alguns anos, no interior de Goiás e em Uberlândia, tendo exercido, também, a docência universitária, na Universidade Federal de Minas Gerais, na Universidade Federal de Uberlândia e na Universidade de Brasília.

Uma parte de minha trajetória se deu na gestão pública da saúde, tendo sido Secretário Municipal de Saúde em Uberlândia por duas vezes (1983-1988 e 2003-2004), tendo também assumido cargos de direção no Ministério da Saúde, na década de 90. Nos últimos anos venho atuando como consultor autônomo em órgãos públicos e organismos internacionais, tais como OPAS e Banco Mundial. Do ponto de vista acadêmico, fiz mestrado e doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz, concluídos em 1992 e 2002, respectivamente.

Gosto de escrever e não me faço de rogado ao expor minhas ideias. Porém, como dizia Drummond, considero que  minhas “letras mais doutas são as escritas no sangue”, por ser pai de Daniela, Fernanda, Maurício, Flavinho e Sophia, além de ser avô de Francisco, Martim e Gonçalo.

2 respostas para “Sobre”

  1. Parabéns, Flávio! Ótima e ampla análise do estado da Saúde no DF, não se limitando a críticas tão comuns e fáceis de escrever e fazer para se “atingir a fama”.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s